Connect with us

Published

on

Olá amigos! Um jogo que inovou o gênero de pirata foi Sea of Thieves trazendo um verdadeiro simulador de pirata com um universo incrível, então eu acho que sou obrigado a fazer uma análise sobre esse jogo lindo, então levantem a âncora e vamos pra análise!

Cara, como Sea of Thieves é impressionante na trilha sonora, é um grande destaque do jogo pois ela se adapta a cada ambiente que estamos trazendo uma vibe de aventura e suspense, você se sente como se estivesse realmente naquele local e falando em local eu percebi que dependendo se o mar está agitado o jogo colocar uma música de suspense e quando o mar está calmo toca uma música mais suave, é impressionante esse detalhismo que os desinvolvedores aplicaram e pra mim é uma das melhores partes do jogo.

Um destaque no jogo é sua mistura de realismo com Cartoon que da um charme aos ambientes do jogo, e outro ponto forte é seu detalhismo nas físicas do jogo como exemplo… se você bater seu navio em uma pedra ele vai furar e começar a afundar, o único jeito de salva-lo é você ir pegar tabuas de madeira e usá-las para concertar, e você faz tudo isso com seu navio cheio de água! E pra remover a água você ainda precisa tirar ela usando usando um balde, mesmo nos detalhes o jogo impressiona mas pra você tirar suas conclusões eu recomendo jogar pra você dizer o que achou.

É impressionante a riqueza que Sea of Thieves tem em questão de mecânicas, quanto mais você joga mais você descobre mecânicas novas, é um verdadeiro simulador de pirata pois as possibilidades são infinitas nesse jogo, um bom exemplo é quando você ta navegando de boas e do nada surge um navio de debaixo do mar e você precisa correr pra recarregar os canhões e cara se você ta jogando sozinho fica mais complicado pois o jogo foi mais adaptado para multiplayer então se você vai jogar sozinho provavelmente vai morrer varias vezes, e é nesse ponto que eu gostaria que o jogo melhorasse pois ao todo o jogo foi focado para ser jogado por 2 ou mais jogadores, então eu acho que os desinvolvedores precisam recisar essa parte pois partir em uma aventura sozinho fica complicado.

Além de batalhas navais temos combate de espadas também, você não vai só focar em navegar pelo mar, 70% do que você vai precisar para progredir no jogo se consegue em ilhas e os Boss também então prepare sua espada pois você vai precisar muito dela, e se você estiver em um local bem escuro você precisa usar o lampião mas como provavelmente lá vai ter muitos inimigos eu recomendo usá-lo somente quando estiver impossível enxergar, mas claro que você não vai usar somente espadas, você tem a sua disposição varias pistolas que com certeza vão dar aquele dano que você precisa para eliminar os inimigos mais poderosos.

Mas claro que os perigos não estão só na terra, uma coisa que você vai enfrentar bastante são os Tubarões e criaturas enormes que vivem no mar então prepare seu navio pois você vai ter que concerta-lo varias e varias vezes, então eu recomendo sempre que possível melhorar seu navio para evitar que qualquer coisa quebre ele.

A história de Sea of Thieves é você que escreve ela mas como base no site oficial do Sea of Thieves eles mostram a fonte inicial que todos devem seguir.

Sea of Thieves – A Aventura
A experiência fundamental de Sea of Thieves é conhecida coletivamente como o modo Aventura, onde piratas podem vagar, descobrir, lutar e pilhar em um paraíso pirata compartilhado! A Aventura é o lugar ideal para encontrar narrativas, explorar livremente o mundo e subir nos ranques das Grandes Companhias, conforme se esforça para se tornar uma Lenda Pirata .

AS MARGENS DO OURO
Grandes Lorotas – As Margens do Ouro é parte dessa Aventura, apresentada como uma coletânea de histórias interligadas que permitem que você se aprofunde na mitologia de Sea of Thieves e conheça mais sobre a vida dos personagens que vivem neste mundo. A história das Margens do Ouro está diretamente ligada a Athena’s Fortune, o romance oficial de Sea of Thieves, que conta com novos personagens ao lado dos que já conhecemos e amamos.

Os jogadores não só poderão desfrutar de uma rica experiência narrativa como também verão recursos especiais, como novas armadilhas mortais à espera de exploradores descuidados, itens usados de formas inesperadas e alguns inimigos formidáveis que elevam o mal a um novo patamar!



Sea of Thieves – A Aventura
A experiência fundamental de Sea of Thieves é conhecida coletivamente como o modo Aventura, onde piratas podem vagar, descobrir, lutar e pilhar em um paraíso pirata compartilhado! A Aventura é o lugar ideal para encontrar narrativas, explorar livremente o mundo e subir nos ranques das Grandes Companhias, conforme se esforça para se tornar uma Lenda Pirata .

AS MARGENS DO OURO
Grandes Lorotas – As Margens do Ouro é parte dessa Aventura, apresentada como uma coletânea de histórias interligadas que permitem que você se aprofunde na mitologia de Sea of Thieves e conheça mais sobre a vida dos personagens que vivem neste mundo. A história das Margens do Ouro está diretamente ligada a Athena’s Fortune, o romance oficial de Sea of Thieves, que conta com novos personagens ao lado dos que já conhecemos e amamos.

Os jogadores não só poderão desfrutar de uma rica experiência narrativa como também verão recursos especiais, como novas armadilhas mortais à espera de exploradores descuidados, itens usados de formas inesperadas e alguns inimigos formidáveis que elevam o mal a um novo patamar!

E temos os eventos globais, que oferece itens exclusivos e raros, abaixo temos uma explicação dos próprios desinvolvedores sobre os eventos.

Enquanto veleja pelo Sea of Thieves, você encontrará vários eventos que podem transformar uma simples jornada em uma aventura turbulenta. Fortes de Esqueleto podem ficar ativos, possibilitando a você encontrar uma pilha de tesouros (atrás de uma horda de adversários esqueléticos) ao seguir uma nuvem em formato de caveira. Da mesma forma, siga a nuvem em forma de navio para se deparar com uma batalha contra um Navio Esqueleto – mas cuidado, pois esses navios amaldiçoados também podem velejar à sua procura!

Essas não são as únicas ameaças que você pode encontrar em suas aventuras. Cuidado com Krakens que podem prender você com seus poderosos tentáculos, e Megalodons famintos que surgem para transformar os membros de sua tripulação em um belo lanchinho! Será que aquele navio de outro jogador que você avistou no horizonte pode te ajudar a sair dessa enrascada? Ou talvez ele seja apenas a próxima ameaça que você terá que encarar…

A ambientação do jogo é impressionante! Além da trilha sonora que eu falei lá encima os ambientes são ricos em detalhes, a iluminação das cavernas foi bem configurada para trazer um melhor realismo em comparação as cavernas do mundo real mas sem perder o estilo Cartoon, uma coisa muito bacana no jogo, é que quando você vê nuvens escuras ou vermelhas no horizonte indica que ali existe uma ilha com esqueletos, fantasma,boss, eventos ou uma simples tempestade.

O designer dos navios foram muito bem trabalhados e os detalhes muito bem feitos, o sistema de direção de ventos foi muito bem programado para não atrapalhar o jogador no momento que ele chega em outra área.

HISTÓRIA (9,0/10)

LEVEL DESIGNER (9,9/10)

GAMEPLAY (9,7/10)

Twitter: SEGUIR

Facebook: SEGUIR

Site: VISITAR

Obrigado por ler, Até a próxima!

Análise

ANÁLISE de Huntdown

Huntdown é um jogo indie que apostou na proposta de um game estilo retrô de plataforma dos anos 90 com um incrível vizual cyberpunk então esse jogo merece muito uma análise

Published

on

Olá amigos! Hoje vamos analisar Huntdown, um jogo que traz artes lindas e muito bem feitas ao estilo cyberpunk dos anos 90, os sprites são lindos e detalhados com o estilo de jogos do snes como metroidvania e suas artes no estilo pixel art que é de encher os olhos.

O jogo tem uma incrível variação de inimigos a cada fase, os chefes são muito bem desenhados para combinar com cada fase, é realmente incrível o cuidado que eles tiveram na criação das fases para que os inimigos combinem com os ambientes.

O jogo é um verdadeiro sucesso e conquistou varias notas altas em avaliações dos críticos, o jogo se destacou bastante por sua proposta de tema e arte retro que é um estilo bem conhecido nos jogos indies.

Os personagens são muito bem feitos e estilizados, é possível perceber que eles são inspirados em personagens de séries dos anos 90 como o Jaspion, Mow Man, Anna Conda e John Sawyer são os personagens principais do jogo, cada um tem sua história pessoal contada no game, no início você pode escolher um dos três para iniciar então escolha com sabedoria.

O ciclo de gameplay se resume em passar as fases e eliminar os chefes no final da fase, não é uma tarefa repetitiva e muito menos fácil, mesmo estando no modo Facil você tem uma certa dificuldade em alguns chefes então não jogue achando que vai zerar de primeira.

O jogo é realmente incrível pessoal, recomendo bastante pra você que quer jogar algo novo, o jogo ta muito bonito e o melhor! ele é multiplataforma então você pode jogar de qualquer lugar.


NOTA FINAL

GAMEPLAY (10/10)

LEVEL DESIGNER (9,8/10)

HISTÓRIA (9,9/10)


Gostou do meu trabalho? Entre em contato!

Email- [email protected]

Me siga no twitter!

SEGUIR

Obrigado por ler, até a próxima!

Continue Reading

Análise

ANÁLISE de Slender The Arrival – Analise Especial Halloween

O Halloween chegou! e para entrar no clima é claro que ia ter que rolar uma análise de jogo de terror

Published

on

Olá amigos! Sejam bem vindos a uma análise assustadora sobre a continuação de Slender the eight pages e pra começar de um jeito arrepiante percebam que a palavra HALLOWEEN está escrito de forma errada na capa da análise, enfim foi um erro sem querer… Ou será que foi proposital?😡… Hahaha, ja enrolei demais né? Entrem nos seus caixões e se escondam no sol! Vamo pra análise!

Bom pessoal vou mandar a geral, esse jogo é muito mais assustador que o primeiro! Pela primeira vez temos uma história que dê contexto pra estarmos numa floresta, e o melhor é que temos muito mais objetivos e fases nesse jogo, não ficamos limitados a uma floresta pois temos vários ambientes para que a história ande.

A base da história se forma quando Kate (supostamente a menina das oito paginas de Slender The Eight Pages) vende sua casa em Oakside Park, e sua amiga de infância Lauren recebe varias carta de sua amiga Kate e dai ela decide fazer uma visita para ela, a chegar lá a estrada está bloqueada por uma árvore caida mas ela decide ir a pé levando apenas sua lanterna e camera e a partir dai os acontecimentos do jogo começam.

O jogo traz muitos momentos tensos em que você não consegue prever o que vai acontecer, posso afirmar com toda certeza que os momentos de terror chega num nivel de Outlast mas claro que varia de pessoa pra pessoa, eu gostei bastante da ideia de o Slender não ser o único perigo no jogo já que temos outro perigo como a Kate bolada

Os ambientes estão ótimos e muito bem projetado para manter a tensão e o terror pisicologico, a iluminação do jogo é muito bem aplicada para que em certas situações você consiga progredir mesmo com a lanterna desligada.

Temos também as cartas que mostram detalhes da história e algums puzzles bem curtos para resolvermos, eu gostaria que tivesse puzzles mais complexo pra gameplay ser mais proveitosa, o jogo é até que curto em comparação a outros jogos de terror e isso eu realmente achei um pouco ruim mas acredito que se fosse mais longo o jogo ficaria parado pela falta de puzzles.

Outra parte negativa para mim foi a reação do Slender ao nos capturar, eu achei muito fraco pois não tem um susto tão impactante como eu esperava mas não se preocupem pois isso não vai incomodar em nada pois acredito que é só frescura do redator dessa análise

NOTA FINAL


GAMEPLAY (9,8/10)

LEVEL DESIGNER (9,9/10)

HISTÓRIA (9,5/10)


Gostou do meu trabalho? Entre em contato!

Email para contato- [email protected]

Me siga no twitter!SEGUIR

Obrigado por ler! Até a próxima!

Continue Reading
Advertisement

FAN GAMES do CANAL

RK Play Joga

Facebook

Advertisement

Trending